A operadora de planos de saúde Intermédica, que atua com rede própria de hospitais e centros médicos, começa esta semana a abrir unidades voltadas exclusivamente para atendimento da gripe A (H1N1), também conhecida como gripe suína. A empresa planeja ter três centros médicos com esse perfil, sendo que o primeiro será aberto na capital paulista e os outros dois em Jundiaí e Sorocaba, no interior de São Paulo. Serão usadas instalações da operadora que estavam desativadas. A cooperativa médica Unimed Paulistana também preparou ações específicas. A operadora inicia nesta semana um treinamento em massa para os cerca de 400 médicos e paramédicos que integram a sua equipe. Com 1,2 milhão de usuários na Grande São Paulo, a operadora teve aumento de 10% no número de atendimentos nas primeiras três semanas de julho, em relação ao mesmo período de 2008. Antes da gripe, a média para julho, mês em que já é observada uma demanda maior por causa do frio, chegava a 10 mil no hospital e, nos pronto-atendimentos, até 16 mil. Até agora, não houve internações por gripe suína no sistema da Unimed Paulistana.

Fonte: Valor Econômico

Be Sociable, Share!

Nenhum comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment