A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) realizou, em 12 de junho, no Rio de Janeiro, a Câmara Técnica sobre a Obrigatoriedade de Ouvidorias na Saúde Suplementar. No encontro, representantes do setor analisaram, em conjunto com a Agência, proposta de resolução normativa que definirá regras para a criação das ouvidorias.

Na abertura do evento o diretor-presidente da ANS, Mauricio Ceschin, afirmou que é prioridade da Agência incentivar o acesso dos consumidores às informações sobre o plano contratado.  “A obrigatoriedade de constituir ouvidorias proporcionará uma comunicação direta, fácil e ágil das operadoras de planos de saúde com os beneficiários”.

A próxima Câmara Técnica será em julho de 2012. Segundo Stael Riani, ouvidora da ANS, neste segundo encontro o texto será finalizado. A proposta passará ainda por avaliação da procuradoria da ANS, consulta pública e, posteriormente, será submetida à aprovação da Diretoria Colegiada da Agência.  “Pretendemos que esta resolução seja publicada ainda em 2012”, afirma Stael.

Pesquisa – A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulga o resultado da pesquisa realizada, entre os dias 16 e 31 de maio de 2011, junto às Ouvidorias das Operadoras de Planos de Saúde. O objetivo foi verificar quais empresas possuem estruturas específicas de ouvidoria e conhecer a realidade do mercado nesta área.

Segundo Stael Riani, ouvidora da ANS, “é do interesse da Ouvidoria que as operadoras possuam mecanismos ágeis e eficazes, que permitam aperfeiçoar a relação de consumo e aumentar a satisfação do usuário”.

Stael ressalta que a ANS está criando uma bonificação específica no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), do Programa de Qualificação das Operadoras, na dimensão de satisfação do beneficiário, para aquelas operadoras que tenham Ouvidorias em sua estrutura.

Leia o resultado da pesquisa na íntegra.

*ANS

Be Sociable, Share!

Nenhum comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment