Você dá feedback para o seu colaborador?

Você dá feedback para o seu colaborador?

Você dá retorno sobre o desempenho de sua equipe? Você está habituado a elogiar seus colaboradores ou você só sabe apontar os seus erros? Se acertou, você valoriza os pontos positivos? Se errou, o que você faz? Pontua os equívocos e traça ações de melhorias ou só enfatiza a falha?

Saiba que o movimento de enaltecer os pontos positivos e corrigir os pontos fracos de um indivíduo ou equipe em dado momento ou episódio, na hora e locais adequados, chama-se Feedback, ou seja, retorno, retroalimentação acerca de um comportamento ou processo. No entanto, os líderes não fazem isso com frequência e deixam seus colaboradores sem saber se estão caminhando pela trilha certa, gerando insegurança e impedindo o crescimento das pessoas de uma organização e emperrando o alcance dos resultados.

Feedback é a oportunidade que se tem de transmitir a percepção a respeito do colaborador, alimentando a relação para que seja mais satisfatória para ambos. Não é apenas um instrumento de Gestão de Pessoas. É uma cultura que visa o alinhamento contínuo entre líderes e liderados de forma direta. Assim, deve ocorrer de forma contínua e sistemática.

O silêncio do gestor pode levar o colaborador à insatisfação, à desmotivação e à desorientação no trabalho, uma vez que não sabe se está desempenhando bem suas funções ou se está atendendo aos propósitos da empresa, resultando em baixa autoestima e, consequentemente, em uma performance deficiente. O gestor agindo dessa forma não está desenvolvendo uma pessoa mas, sim, contribuindo para a perda de talentos.

A prática do feedback possibilita ao colaborador conhecer a percepção do gestor sobre seus comportamentos e desempenho, proporcionando um espaço para o autodesenvolvimento, que impacta em toda a empresa.

Saber dar e receber reforços, sejam eles elogios ou correções, é uma habilidade que poucos possuem. Uma vez identificado os pontos de melhorias e feito suas pontuações (feedback trata de ações já ocorridas), Líderes e Liderados necessitam ter visão e atitudes voltadas para a solução, busca de alternativas e orientação para o futuro (feedforward), pois somente dessa forma, é que conseguirão alçar voo em suas carreiras e fazer com que suas organizações tenham resultados concretos e se mantenham competitivas no mercado.

Logo, saber dar e receber feedback é uma vantagem competitiva da organização, uma vez que terá suas ações pautadas no desenvolvimento de pessoas, que são o verdadeiro ativo empresarial.

Então, reflita, qual a quantidade e qualidade do feedback que você, gestor, dá para sua equipe?

Fonte: RH.com.br

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment