Decisão sobre aumento de impostos pode sair no final do mês, diz Meirelles

Decisão sobre aumento de impostos pode sair no final do mês, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira (1º) que uma definição sobre um possível aumento de impostos em 2017 pode ser tomada no final do mês, quando o governo terá uma previsão mais clara para a arrecadação do próximo ano.

“A arrecadação tem caído muito neste ano, caiu um pouco no ano passado e também nos anos anteriores. E na medida que haja recuperação da economia espera-se que possa haver também uma recuperação da arrecadação. Isso, adicionado a eventuais receitas de concessões ou privatizações, poderá tornar desnecessário o aumento de impostos “, disse antes de evento da revista Época Negócios, em São Paulo.

Meirelles afirmou, no entanto, que o cenário sem aumento de impostos conta com a aprovação da reforma da Previdência no próximo ano e também com o teto de gastos do governo.

Questionado sobre a indexação dos gastos à inflação desse ano, que ainda deve ficar acima do teto da meta de 6,5%, o ministro disse que não seria um problema, porque o governo acredita na convergência para a meta ainda no próximo ano. Economistas ouvidos pelo Banco Central projetam que a inflação vá terminar o ano em 7,21%. Em 2017, a previsão é de 5,20%.

“Nosso pressuposto é que o Banco Central será bem sucedido no seu trabalho e que a inflação vai convergir pra meta. Esperamos que em 2018 já estaremos trabalhando, se tudo funcionar a contento, com a meta de 4,5%”, disse.

A cerimônia foi fechada para a imprensa. Meirelles disse, no entanto, que recomendou que jornalistas pudessem acompanhar todo o evento.

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment