O medo pode ser seu maior gigante

O medo pode ser seu maior gigante

O mundo passa por um período de mudanças rápidas e avassaladoras. Nosso País, nos últimos dois anos, vem sentindo os efeitos da crise, como o baixo crescimento econômico, a alta da inflação, disparo do dólar, aumento do nível da pobreza e o que assusta as pessoas: o desemprego. Estudiosos afirmam que o reflexo na economia será ainda muito maior, todavia, momentos assim sempre existiram e vão existir.

A crise revela os medíocres, mas descobre e exalta os heróis. É no ventre da crise que nascem os verdadeiros vencedores. Para vencer a crise é preciso ter criatividade e coragem. John Rockefeller disse que “O futuro não é fruto do acaso, ele é criado por homens de visão”.

Cabe às pessoas quebrar alguns paradigmas, proporcionar a mudança e superar a crise. Augusto Cury cita: “Se as oportunidades não surgirem, crie-as.” Não podemos ficar na inercia esperando alguém dar o primeiro passo, a iniciativa sempre deve estar incorporada no DNA empreendedor das pessoas.

O medo pode ser umas das principais causas que não permitem as pessoas evoluírem. O pensador já dizia: “Aquele que não luta pelo futuro que quer, deve aceitar o futuro que vier”. Existem vários tipos de medo que podem influenciar negativamente a evolução do potencial das pessoas, alguns têm visto o medo como um gigante que esta impedindo de avançarem, não consegue ter forças para vencê-lo nem visão para enxergarem além desses gigantes.

Existem gigantes reais e fictícios. Uns atacam por fora, outros por dentro. Muitos deles existem apenas em nossa imaginação, nós os criamos, e eles acabam se tornando mais fortes que nós. Fabricamos esses monstros no laboratório do medo e eles se levantam contra nós para nos atormentar e atacar. Hernandes Dias Lopes nos diz que: “O medo têm a capacidade de nos assustar, eles existem, eles são reais, e estão espalhados por toda parte”.

Podemos identificar alguns gigantes que vem destruindo as perspectivas, minando as forças, cegando as visões, destruindo sonhos e alimentando a incapacidade das pessoas de superação. Esses gigantes podem ser pessoas, hábitos, sentimentos, circunstâncias, críticas, pressões, ansiedades, de forma que é quase impossível identificar todos eles. Cada pessoa tem um gigante que o cerca.

De nada adianta adiar metas, projetos, sonhos e desejos por medo dos nossos gigantes. Mais cedo ou mais tarde, a vida nos cobrará essa conta, pois o desejo de mudança é um dos desafios mais fascinantes que a vida nos apresenta. Mudar é necessário e é sinônimo de crescer! “Entre as dificuldades se esconde as oportunidades” – Albert Einstein.

Os sobreviventes dos gigantes chamados “medo”, agarram as crises pelo pescoço e fazem delas um campo de semeadura. Pessoas capazes de vencer e superar seus gigantes não são covardes. Eles não fogem e nunca desistem. São perseverantes. Elas não se contentam com nada menos que a vitória. Fazem das derrotas do passado experiências indispensáveis para contribuírem as vitórias do futuro.

Fonte: rh.com.br

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment