7 ferramentas para desenvolver planejamento, disciplina e foco

7 ferramentas para desenvolver planejamento, disciplina e foco

Nos últimos meses, tenho desenvolvido um trabalho de autoconsciência e aplicação de competências empreendedoras. Um dos princípios mais relevantes nessa capacitação é a habilidade de colocar a mão na massa, ou seja, a habilidade de concretizar os projetos idealizados e trazer para o mundo o que o empreendedor vislumbrou como negócio.

Para isso, várias competências são exigidas, como a atitude, disciplina, planejamento e foco. Mas como trabalharmos essas habilidades no nosso dia a dia e na realidade de negócios? A verdade é que esta não é uma tarefa fácil! E se “somos do tamanho dos nossos sonhos”, como já disse o especialista em liderança César Souza, também só conseguimos alcançar aquilo que somos capazes de executar.

Intenção + ação = resultado

Para ajudar nesta equação complicada, reuni uma série de ferramentas que uso frequentemente e tem colaborado para o meu próprio desempenho profissional e pessoal.

Compartilho abaixo algumas delas para que vocês possam conhecer e utilizar no seu dia a dia. Abaixo, deixo também links com explicações detalhadas de cada uma e formas de aplicá-las. Bom trabalho.

Metodologias para aumentar a produtividade

1. SMART: ferramenta simples e eficiente para orientar o empreendedor a traçar metas pessoais e para a empresa. O acrônimo significa Específica, Mensurável, Atingível, Realista e Temporal. Para aplicar.

2. Ciclo PDCA: (do inglês: Plan, Do, Check, Adjust). Em português: Planejar, Fazer-Verificar, Ajustar. É um método interativo de gestão de quatro passos, utilizado para o controle e melhoria contínua de processos e produtos. Para aplicar.

3. 5S: foi uma das grandes estratégias utilizadas pelo Japão para se organizar no pós-guerra e inspirou muitas empresas a adotar a metodologia como ferramenta de melhoria no ambiente de trabalho. O conceito do 5S possui como base as cinco palavras que em português significam senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de autodisciplina. Para aplicar.

4. Matriz Urgente-Importante: é um método de organização criado pelo ex-presidente americano Dwight Eisenhower que serve para definir as tarefas que merecem atenção e as que devem ser descartadas Para aplicar.

5. GTD (Getting Things Done): também conhecida como “a arte de fazer acontecer” permite ter um maior controle sobre todas as tarefas, projetos e metas e tem o objetivo de minimizar a frustração das pessoas e empresas ao verem tarefas não concluídas. Para aplicar.

6. 5W2H: é um método de gerenciamento de atividades. O nome vem de cinco perguntas, em inglês, que começam com a letra “W”, e duas questões que começam com a letra “H”: What, When, Where, Why, Who, How, How much. Para aplicar.

7. Técnica Pomodoro: é uma ferramenta de estudo bem conhecida elaborada no fim da década de 1980. Se baseia na ideia de que fluxos de trabalho divididos em blocos podem melhorar a agilidade do cérebro e estimular o Ela divide períodos de concentração de 25 minutos com 5 minutos de descanso. Para aplicar.

Tente conhecer cada uma das ferramentas, aplicar na sua rotina e da sua empresa e meça resultados. É importante ver se você se adapta para então introjetar a metodologia.

E mais: para ter mais produtividade no seu dia a dia, a regra de ouro é você fazer, toda noite, uma lista das 5 coisas que precisa finalizar no dia seguinte. Organize por ordem de prioridade colocando as mais difíceis no horário em que estiver mais concentrado. Pode ser no começo da manhã ou logo após o almoço. Concentre-se e realize. No final do dia você vai ter a alegria de ver suas tarefas realizadas e se animar para preparar a lista do dia seguinte.

Outra dica importante é conhecer a diferença entre eficiência e eficácia. O entendimento desses dois conceitos vai fazer com que você pense e aja de uma forma mais assertiva. A eficiência consiste em fazer certo as coisas, fazer mais com o mínimo de recursos possíveis, ou seja, trata-se do como fazer. Já a eficácia consiste em fazer as coisas certas, ou seja, escolher o que deve ser feito. Como diria Peter Drucker:

“Eficiência é fazer as coisas de maneira correta, eficácia são as coisas certas. O resultado depende de fazer certo as coisas certas”.

Fonte: administradores

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment