Qual o seu nível de positividade?

Qual o seu nível de positividade?

Cada pessoa tem uma forma diferente de analisar a realidade e reagir diante dos desafios que a vida nos traz. Por exemplo, vamos pegar um processo de avaliação de desempenho de um profissional na empresa. Algumas pessoas que fazem a avaliação desse profissional podem destacar uma visão geral positiva do desempenho, abordando os aspectos mais amplos, especialmente aqueles relacionados aos bons resultados alcançados. Se o colega alcançou bons resultados, então o desempenho dele atendeu às necessidades da empresa. Essa é uma forma de ver o desempenho do colega.

Mas também tem aqueles que fazem uma avaliação diferente, do mesmo colega. Há pessoas que se detém aos detalhes daquilo que deixou a desejar. Destacam os pequenos procedimentos que não foram realizados satisfatoriamente e que precisariam ser melhorados. Para esse grupo de pessoas, a avaliação do colega não é tão positiva assim.

As duas avaliações podem estar corretas, não há nenhum problema em destacar o lado positivo ou lado negativo do desempenho durante a avaliação. A diversidade de visões, inclusive enriquece o processo. Mas muitas vezes dar destaque ao lado positivo ou ao lado negativo não ocorre por acaso. Isso pode ter relação com o estilo emocional da pessoa que está avaliando.

Cada um de nós tem um estilo emocional que orienta a nossa forma de analisar o mundo à nossa volta. O nosso estilo delimita a forma mais comum que temos de responder aos desafios que a vida nos apresenta. O estilo orienta a nossa perspectiva de encarar o mundo.

Não é que existem padrões fixos, rígidos e imutáveis. Mas vamos dizer que há uma forma mais comum de reação, há certo padrão na maneira que analisamos os fatos e reagimos a eles. Há uma resposta mais comum que nós damos e que nos diferenciam uns dos outros.

Há pessoas que tem uma visão mais otimista, positiva, estão mais abertas a estabelecer novos diálogos e a experimentar novas experiências. Outras já ficam com um pé atrás, preferem se aproximar com mais cautela, querem ter garantias e segurança ao entrar numa nova iniciativa, prezam pela estabilidade financeira e emocional. E daí eu pergunto a você: qual é o seu estilo? Você é do tipo que encara tudo de peito aberto acreditando no sucesso? Ou é do tipo que quando não tem tanta certeza prefere se resguardar?

Observe que não há um estilo melhor ou pior, certo ou errado. O que existe são estilos diferentes. O mais importante é você se conhecer e compreender como se dão as suas escolhas. Se você está satisfeito com o seu estilo, ótimo! Continue assim. Mas se você não estiver satisfeito, que tal começar a experimentar uma nova forma de lidar com o mundo? O mais importante é você se conhecer, se auto avaliar e fazer as suas escolhas de forma consciente.

Fonte: rh.com.br

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment