Por que procrastinamos tanto?

Por que procrastinamos tanto?

Procrastinar sempre foi um dos principais problemas enfrentados no ambiente de trabalho. E o hábito de adiar as tarefas acaba colocando muita gente em situação delicada. A crise econômica do Brasil é um fator que impulsiona esse comportamento, pois as emoções, principalmente a insegurança e o estresse, afetam o psicológico e influenciam no andamento das atividades.

Em pesquisa da Triad Productivity Solutions, empresa especializada em produtividade, 97,4% dos entrevistados afirmaram já terem procrastinado em algum momento da vida. De acordo com o levantamento, são muitos os motivos que levam as pessoas à procrastinação. Entre os itens apontados pelos entrevistados, a distração com a internet (e-mails, redes sociais, blogs) é o maior deles, recebendo 62,3% dos votos.

Sulivan França, especialista em comportamento humano e presidente da SLAC Coaching, acredita que o hábito tem se tornado comum nos últimos anos. “O avanço da tecnologia trouxe muitas opções para a distração do ser humano. Com isso, as tarefas acabam se perdendo, pois as pessoas não estão conseguindo definir as suas prioridades”.

O especialista acredita que esse fator está diretamente ligado à insatisfação profissional. Para ele, se a pessoa se sente realizada, há grandes chances desse hábito não se tornar corriqueiro. “A melhor alternativa é encontrar um local onde você realmente é feliz. Dessa forma, as chances de se desenvolver um bom trabalho e alcançar as metas são ainda maiores”, explica.

Uma das saídas que muitos profissionais acabam adotando para combater esse hábito é iniciar um trabalho de life coaching, que auxilia no planejamento de metas pessoais e profissionais mais reais e pode combater esse ciclo de frustrações que acaba levando a procrastinação.

Você tem dificuldades para acabar com esse hábito de procrastinar? Deixe seu comentário e teremos prazer em ajudar.

Fonte: rhportal

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment