3 livros que mostraram “um mundo novo” a Bill Gates

3 livros que mostraram “um mundo novo” a Bill Gates

Bill Gates é um grande apreciador da leitura. O fundador da Microsoft lê toda noite, faz resenhas de muitos livros em seu blog e regularmente divulga sua lista atualizada de suas obras preferidas.

Em um post em seu blog, ele contou sobre um encontro com um epidemiologista chamado Bill Foege, que estuda a frequência, a distribuição e os determinantes dos problemas de saúde da população humana.

O médico atua como mentor de Bill e Melinda Gates desde 1999 e os ajuda na fundação filantrópica do casal, que tem como um dos objetivos a melhoria nas condições da saúde global.

Foi o epidemiologista que despertou o interesse do bilionário em saúde global, por meio de uma lista de livros e artigos que indicou. “Esses livros me mostraram um mundo novo”, afirmou Gates.

Confira quais são:

Princes and Peasants, de Donald R. Hopkins (Príncipes e camponeses, em tradução livre)

O livro conta a história da varíola, a primeira doença a ser erradicada por meio da medicina e a importância disso erradicação para a saúde pública. O livro foi indicado ao Prêmio Pulitzer em 1983.

Mosquitoes, Malaria & Man: A History of the Hostilities Since 1880, de Gordon Harrison (“Mosquitos, malária e homem: uma história das hostilidades desde 1880”, em tradução livre)

O livro conta a história da Malária, uma das doenças que a Fundação Gates pretende erradicar. De acordo com o site da instituição, “dado um compromisso global suficiente, grandes investimentos em pesquisa e desenvolvimento e novas ferramentas transformadoras e estratégias de entrega, o ambicioso objetivo da erradicação da malária pode ser alcançado”.

“Investing in Health: World Development Report 1993”, do Banco Mundial (“Investindo em saúde: relatório sobre desenvolvimento mundial”, em tradução livre).

Na verdade este é um artigo do Banco Mundial e Gates o descreve como “um relatório inovador sobre a importância do investimento global em saúde”.

“Essas leituras fizeram com que a paixão de Bill por combater a pobreza e a doença em escala mundial fosse minha paixão também. Olhando para trás, vejo Bill como a cola que reuniu a comunidade global de saúde, conseguindo se concentrar nas prioridades certas, como aumentar a cobertura da imunização e preparar o cenário para o progresso que vimos nos últimos 20 anos”, afirma Gates.

Fonte: infomoney

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment