O que é a Gestão 3.0?

O que é a Gestão 3.0?

Há muito tempo, o trabalho era apenas um meio de sobrevivência e isso não era nada animador, nem divertido.

Com o passar do tempo, surgiram as hierarquias, existindo a figura de uma autoridade central. E, mais tarde, bem mais tarde, os gerentes buscavam o aumento da produtividade individual acreditando que, assim, o todo melhoraria. O trabalho, então, se baseava no alcance de metas individuais sem o prejuízo do coletivo. ‘Opa! Então, não posso mais atrapalhar o outro? Não.

Caminhando no tempo e avançando mais na evolução, o indivíduo deixou de ser o enfoque, sendo os resultados o foco. Então, o trabalho permitia sacrifícios pessoais em nome da harmonia grupal.

A globalização faz o valor mudar rapidamente. Inovação constante, democratização, diversificação e incerteza levaram as organizações a aprender e se tornar mais saudáveis para as pessoas. Um sistema vivo complexo com pessoas – também – mais saudáveis e felizes.

Essa nova realidade tornou necessária a adoção de uma direção que pudesse alinhar os valores e as necessidades das pessoas e da organização gerando engajamento e comprometimento. Assim, o trabalho passou a permitir a expressão e a entreajuda, evitando danos, contudo.

Algumas décadas mais tarde, o trabalho leva as pessoas a encontrarem respostas para novas perguntas. Surge então, a Gestão 3.0.

Princípios da gestão 3.0

  • Energize as pessoas: mantenha- as ativas, e motivadas, elas são a parte mais importante da organização;
  • Empodere o time: gere confiança para que o time se auto organize e avance;
  • Alinhe as restrições: proteja as pessoas e os recursos, crie propósito claro, torne as metas claras;
  • Desenvolva competências: as pessoas precisam ser capacitadas para as metas, então desenvolva competências;
  • Cresça a estrutura: a organização é complexa e precisa suportar uma boa comunicação;
  • Otimize tudo: Melhores as pessoas, a estrutura, os recursos, os resultados. Melhoria contínua.

A Gestão 3.0 reorganiza as hierarquias organizacionais, empodera os times auto organizados, permite o compartilhamento da liderança e transforma o gestor num facilitador. Entretanto, no Brasil e no Mundo, há organizações que não querem mudar, ou sequer pensar em mudanças.

A Gestão 3.0 aborda questões delicadas, cutuca a vaidade das pessoas e as tira da zona de conforto.

Muitas organizações não enxergam as pessoas ainda. Acreditam apenas que são remuneradas para gerar resultados. A Gestão 3.0 esbarra na Cultura Organizacional. Existem culturas imutáveis. Acredite. E, isso impacta a adoção de métodos ágeis nas organizações.

É necessário ter muita habilidade para mudar a cultura de uma organização, vencer a resistência às mudanças e marcar gols.

Fonte: rhportal

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment