ANS manda Unimed Manaus passar seus clientes para outra empresa

ANS manda Unimed Manaus passar seus clientes para outra empresa

A direção da empresa Unimed Manaus tem 30 dias para fazer a alienação de sua carteira de usuários dos planos de saúde que vendeu no mercado, os quais não pode continuar comercializando. A ordem é da Agência Nacional de Saúde (ANS), publicada no diário oficial da União neste dia 27.

A alienação, que significa transferência dos clientes da operadora de saúde para outra empresa, por meio de venda ou leilão da carteira de usuários, foi decidida pelo colegiado da ANS no último dia 25, diante da crise administrativa e financeira que atingiu a empresa nos últimos anos.

Entendeu a agência de regulação do setor de saúde que é um risco aos mais de 120 mil usuários a continuidade do atendimento feito pela Unimed Manaus.

O modo como essa transferência de clientes para outra empresa será realizado ainda não foi informado ao mercado. A agência nacional tem legislação que estabelece os parâmetros desse ato.

 

Diretoria se manifesta 

Neste dia 27, o presidente da Unimed Manaus, Sérgio Ferreira Filho, divulgou nota para afirmar que os clientes da empresa não terão prejuízo no atendimento enquanto se resolve a alienação compulsória determinada pela ANS. Leia a nota:

 

Unimed Manaus

 

No dia 25, dia em que o colegiado da ANS se reunia para decretar a alienação, a direção da empresa em Manaus contestava matéria publicada no Portal do Marcos Santos antecipando o que se confirma agora. Confira a nota:

Nota de Imprensa

Em face da matéria publicada no Portal do Marcos Santos, nesta segunda-feira (25/06), sob o título “Exclusivo – Unimed Manaus tem 30 dias para ser vendida ou pode ir a leilão, por determinação da ANS”, a diretoria da Unimed Manaus esclarece:

A Unimed Manaus não teve sua alienação compulsória decretada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o que pode ser constatado na própria agência;

A reunião entre a diretoria da cooperativa com o Ministério Público Estadual teve por objetivo apresentar os resultados de auditoria realizada pela BKR, empresa especializada, contratada para traçar um diagnóstico da real situação econômica e financeira da Unimed Manaus. Também a direção da Cooperativa reportou as ações que foram adotadas pela nova diretoria, de janeiro até maio, e o seu planejamento para os próximos meses de gestão. Em nenhum momento foi tratado sobre venda, leilão ou alienação da carteira de clientes da Unimed Manaus;

Por fim, o sistema Unimed, representado pela Central Nacional Unimed (CNU) e a Unimed Brasil, trabalham em conjunto com a Unimed Manaus para o desenvolvimento de uma solução sustentável para a cooperativa local. No mês de Maio, os cooperados da Unimed Manaus aprovaram a realização de um estudo junto a CNU para uma possível parceria. A CNU é uma sólida operadora do Sistema Nacional Unimed que conta com aproximadamente 1,5 milhão de beneficiários, faturamento mensal na ordem de 366 milhões de reais, patrimônio líquido de R$ 664 milhões de reais e reservas junto a ANS em mais de 832 milhões de reais, se consolidando como a sexta maior operadora de planos de saúde do país. Empresas como Ambev, Serasa, C&A, Grupo Simões, Oi e Itaú são clientes da CNU em Manaus e atendidos na rede da Unimed Manaus, além de contar com uma rede complementar credenciada diretamente pela operadora. A parceria com a CNU tem o objetivo de sanear a Unimed Manaus e permitir a melhoria e ampliação dos serviços de assistência médica hospitalar a todos os clientes da Unimed Manaus.

A atual Diretoria da Unimed Manaus está comprometida com a recuperação da cooperativa e a melhoria contínua do atendimento de seus beneficiários.

Fonte: bncamazonas.com.br

Nenhum Comentário »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment